Uma das maiores reclamações da população piauiense, a falta de segurança, é uma das prioridades da gestão de Luciano Nunes como governador e uma das novidades que ele propõe é o estabelecimento do cumprimento de metas para os policiais. A medida, que será implantada juntamente com a duplicação do efetivo, terá como consequência imediata a aproximação entre a polícia e a comunidade.

“A ação estratégica deverá estar orientada para melhorar as condições de atuação, com fixação de metas das polícias militar e civil e do corpo de bombeiros, para mantê-los cada dia mais próximos dos cidadãos, nos bairros das maiores cidades e nas sedes dos municípios” enfatiza o candidato tucano.

Ele declarou que vai reimplantar o Programa Ronda Cidadão e criar o Programa Estadual de Requalificação e Modernização das Forças de Segurança, voltado para dar plenas condições de funcionamento e resolutividade às estruturas existentes como quartéis, batalhões, grupamentos, delegacias, distritos e institutos.

Vai também reconstituir os efetivos das polícias Militar e Civil e do Corpo de Bombeiros, cuidando de melhor capacitação e realizar um planejamento operacional das estruturas de segurança de modo a reduzir a criminalidade urbana e rural, a sensação de insegurança, prevenir a violência entre jovens e ampliar os serviços de inteligência e tecnologia no setor.

“Para alcançar esses objetivos vamos ampliar os mecanismos de prevenção primária à violência, iluminar e ocupar as áreas que tenham histórico de violência com ações agregadoras, lúdicas e de lazer e promover o reaproveitamento dos espaços públicos, reformando-os para contemplar bairros com áreas para esporte e atividades culturais, além de urbanizar territórios sem uso para reduzir o isolamento” enfatiza o candidato.

Da Redação

Deixe seu comentário
COMPARTILHAR