Pouco explorada pelos turistas, a região de Estreito do Brejinho vem chamando a atenção de pesquisadores e turistas por sua semelhança com um dos mais importantes pontos turísticos do Piauí, o Cânion do Rio Poty, em Buriti dos Montes.

Em julho deste ano, desenvolvendo um projeto de pesquisas arqueológica e paleontológica o professor Alexandre Mota esteve no local e registrou imagens que mostram a exuberância da falha geológica que possui mais de 1 km de piscinas naturais no meio do sertão.

“Pelo seu tamanho nós achamos muito semelhante a um cânion, mas essa falha geológica tem várias piscinas naturais que não secam. É um lugar preservado porquê o dono da propriedade não deixa as pessoas depredarem e poucas pessoas conhecem, apenas a comunidade frequenta”, explica o professor.

Alexandre enviou fotos do local para a Secretaria de Meio Ambiente que se interessou em visitar o Estreito. “Esse local é rico em vários aspecto, do hidrográfico pois é um manancial de água, tem o aspecto cultural pois existem diversas lendas do local e é um patrimônio natural do Estado pouco conhecido”, reforça o professor.

O “Estreito do Brejinho” fica na zona Rural do município de Regeneração, a 147 km de Teresina  e o acesso ainda não é liberado para o turismo.

Rayldo Pereira

Deixe seu comentário
COMPARTILHAR